Setembro 06, 2018 |

Produtos hipoalergênicos: Maquiagem pode causar alergia?


Produtos hipoalergênicos: Maquiagem pode causar alergia?

As alergias não são iguais em todas as pessoas, e cada uma delas pode manifestar reações com diferentes substâncias

Uma informação comum de ser encontrada nos rótulos de cosméticos e maquiagens é que eles são produtos hipoalergênicos.

Porém, mesmo assim, nem sempre sabemos exatamente o que é isso ou qual é a diferença para os demais.

Por outro lado, é bem provável que já tenhamos ouvido de um amigo ou parente que determinado produto causou alergia em sua pele, que pode ter ficado avermelhada, irritada, com coceira ou até mesmo algum tipo de lesão.

O que são as alergias? Será que as maquiagens, cremes para depilação, hidratantes e outros produtos podem mesmo causar reações? Como saber se isso aconteceu ou não? Algum produto é totalmente livre de alergias? Vamos tirar todas essas dúvidas agora mesmo!

O que são as alergias de pele?

São reações inflamatórias que o sistema imunológico apresenta na pele quando entra em contato com alguma substância considerada por ele como anormal, conhecida como alérgeno.

Elas costumam se manifestar nas mãos, pés, braços, pescoço ou rosto, entre outras regiões do corpo.

De acordo com estatísticas da Organização Mundial da Saúde (OMS), aproximadamente 30% da população mundial tem algum tipo de alergia.

Ao considerar que há aproximadamente 7,6 bilhões de pessoas no mundo, o número de alérgicos gira em torno de 2,28 bilhões.

Esse número, porém, deve crescer. Ainda de acordo com a OMS, até o final do século XXI, as alergias devem acometer metade da população mundial.

É interessante ressaltar que ninguém já nasce alérgico. Para que a doença se manifeste, é preciso primeiro entrar em contato com o alérgeno.

Além disso, as alergias não são iguais em todas as pessoas, e cada uma delas pode manifestar reações com diferentes substâncias.

produtos hipoalergênicos

Como identificar as alergias de pele?

Os sintomas mais comuns são coceira, vermelhidão, irritação, descamação das camadas superficiais e a aparição de manchas ou pequenas bolinhas, cuja cor pode variar de branco para vermelho.

Outros sintomas são mais raros, mas também podem existir, como sensações desconfortáveis na garganta e problemas respiratórios.

Quando qualquer sintoma se manifestar na pele, o ideal é procurar por auxílio médico, principalmente se forem os mais raros. Quanto antes for feito o diagnóstico e o tratamento, menores são as chances de complicações e sequelas.

Se você perceber que está com alguma alergia na pele, a recomendação é lavar a área com bastante água e sabão. Assim, se ainda houver algum resquício do produto na pele, ele será removido e a reação alérgica será amenizada.

Além de se dirigir imediatamente a um médico, é importante se lembrar dos produtos que foram usados na pele nos últimos dias, com destaque para os que não faziam parte da sua rotina de produtos para o rosto ou para o corpo. Assim, ficará mais fácil descobrir qual foi a origem da alergia.

O tratamento pode ser feito com a administração de medicamentos antialérgicos (contra alergias) ou corticóides (contra inflamações).

Quais produtos podem causar alergia?

Teoricamente, todos os produtos podem resultar em alergias, sejam elas na pele ou em outras partes do corpo. Isso também acontece com alimentos, substâncias como poeira e pelos de animais e microorganismos como ácaros, por exemplo.

Porém, como vimos anteriormente, isso não quer dizer que o seu corpo apresentará alergias contra tudo. Essa costuma ser uma reação do sistema imunológico que se manifesta com apenas algumas substâncias.

Alguns dos produtos, substâncias e organismos mais comuns que podem causar alergias são os seguintes:

  • Pólen;
  • Insetos;
  • Alimentos, como ovo, peixe, leite, frutos do mar, glúten, frutas cítricas, amendoins e castanhas, entre outros;
  • Pelos de animais;
  • Certos tecidos;
  • Remédios;
  • Produtos de beleza, cosméticos e itens de higiene pessoal.

Como descobrir meus alérgenos?

A forma mais eficiente de saber quais são as suas alergias é passar por um teste alérgico, que é bem simples, indolor e te ajuda a evitar futuras reações.

Substâncias geralmente consideradas como alérgenas são aplicadas em uma pequena dose em sua pele e ficam ali por 1 ou 2 dias. Depois, no retorno ao médico, ele identificará quais apresentaram reações alérgicas.

Por ser um teste simples, prático e acessível, é recomendável que todas as pessoas o façam para evitar o contato com substâncias e itens causadores de alergias.

Não deixe de ver - O que são radicais livres? Como eles influenciam no envelhecimento?

E os produtos hipoalergênicos?

Uma dúvida deve estar em sua mente agora: se, na teoria, todos os produtos podem desencadear alergias, o que dizer sobre os produtos hipoalergênicos?

Pois bem, na verdade, os hipoalergênicos não são exatamente imunes ao desenvolvimento de reações alérgicas, mas sim desenvolvidos com substâncias que não costumam causar tantas alergias.

O termo foi utilizado pela primeira vez na campanha publicitária de um cosmético no ano de 1953, ou seja, faz parte de nosso cotidiano há mais de 64 anos. A palavra significa alergênico abaixo do normal ou levemente alergênico.

Geralmente, os produtos hipoalergênicos são cosméticos ou peças de roupa. Por mais que o termo não tenha uma definição médica ou que não haja critérios específicos determinados pela lei ou agências de saúde ao redor do mundo, ele é amplamente utilizado.

Para evitar a manifestação de reações alérgicas, o recomendável é preferir os produtos hipoalergênicos, já que apresentam menores chances de causar reações do sistema imunológico.

produtos hipoalergênicos

Conheça seus alérgenos e evite reações inflamatórias!

Pode ficar tranquilo quanto aos seus cuidados com a pele do rosto e do corpo, bem como com a sua rotina. Prestar atenção em sua pele, principalmente depois de começar a utilizar novos produtos, já ajuda muito a diagnosticar precocemente as alergias.

Contudo, para ter ainda mais certeza, a realização do teste alérgico é bastante recomendada. Assim, você saberá exatamente o que precisa evitar para não manifestar reações inflamatórias.

Além disso, sempre que possível, prefira produtos hipoalergênicos, como hidratantes, esfoliantes, protetores solares, maquiagens, cremes depilatórios e creme antissinais. Assim, você ficará ainda mais tranquilo!

creme antissinais