Maio 10, 2018 |

Envelhecimento Precoce: Como Identificar e os Possíveis Tratamentos


Envelhecimento Precoce: Como Identificar e os Possíveis Tratamentos

Rugas, linhas de expressão e flacidez antes dos 40 anos podem ser prevenidas e rejuvenescidas para você se sentir linda

Ninguém está imune aos efeitos do tempo, muito menos a sua pele. No entanto, ela pode envelhecer precocemente devido aos maus hábitos praticados ao longo da vida. A boa notícia é que é possível combater e reverter o envelhecimento precoce.

Apesar de ser um processo biológico, envelhecer costuma deixar as mulheres inseguras com a própria aparência. Quando esse processo começa mais cedo do que o esperado, o impacto deixa a autoestima lá embaixo.

Embora hoje em dia existam muitas técnicas para fazer com que os sinais sejam adiados e revertidos, é preciso ter em mente que esse momento é inevitável, e significa que você tem vivido a sua vida intensamente.

Para saber como evitar e reparar o envelhecimento precoce da pele, entenda sobre suas causas e seus sintomas e descubra os tratamentos que podem deixar você se sentindo jovem outra vez.

mulher sorrindo com a mão no rosto olhando para frente

Como identificar os sinais?

Quando ocorre de forma natural, o envelhecimento pode ser notado por volta dos 40 anos. Antes disso, o processo é considerado precoce.

Os sintomas, em ambos os casos, são os mesmos, como algumas ruguinhas e flacidez que começam a se tornar mais aparentes, mas, no envelhecimento precoce, eles podem surgir bem antes dessa idade.

- Rugas: as rugas de expressão são vincos que se formam em determinadas regiões da face, como testa e bochechas, devido à perda de colágeno e ao aumento de atividades dos músculos. Inicialmente, só aparece quando você movimenta a face, mas tende a progredir e ficar visível enquanto você está estática.

- Pés de galinha: são as rugas localizadas entre as sobrancelhas e as laterais dos olhos, que ficam mais visíveis conforme você contrai essa região.

- Pele flácida: devido a danos nas fibras de elastina, a pele perde elasticidade e volume e costuma ficar flácida primeiro nas maçãs do rosto, no pescoço e nas pálpebras, podendo avançar para nariz e boca.

- Olheiras: o escurecimento da região abaixo dos olhos ocorre porque a pele dessa região fica cada vez mais fina, fazendo com que a melanina e os vasos sanguíneos se transpareçam através da pele.

- Ressecamento: quando a pele fica desidratada e os níveis de ácido hialurônico diminuem, a pele fica mais sensível, com aparência endurecida e pode descascar ou rachar.

Por que o envelhecimento precoce acontece?

Há inúmeros fatores que influenciam no seu aspecto visual – a maioria deles está relacionado ao seu estilo de vida e a fatores externos.

É por isso que pessoas que parecem mais jovens do que realmente são geralmente têm uma vida melhor, com a saúde física, mental e emocional em dia, além de bons hábitos na rotina.

Saiba quais são os principais motivos que fazem a sua pele envelhecer antes da hora:

Excesso de sol

A exposição ao sol pode ser benéfica para a pele, mas passar muito tempo sob os raios solares sem a proteção adequada causa a degeneração precoce e cumulativa da pele, além de provocar o câncer de pele.

Os raios ultravioletas são o principal perigo para essa condição. Eles atingem as camadas superficiais e profundas da pele, causando danos que só são notados após um tempo.

Noites mal dormidas

Enquanto dormimos, o organismo produz hormônios com funções restauradoras, como a melatonina e GH (o hormônio do crescimento). Se o sono não é profundo, a produção fica comprometida.

Como consequência, a pele fica sem viço e com olheiras e o estresse causado pela falta de descanso favorece o surgimento de rugas. Confira como cuidar da pele enquanto dorme.

Má alimentação

Quem tem uma dieta pouco balanceada pode sofrer com algumas consequências que levam ao envelhecimento precoce, como o aumento de peso e o excesso de radicais livres no organismo.

Essas consequências ocorrem devido a mudanças na estrutura do colágeno – que dá sustentação e firmeza à pele –, a diminuição dos antioxidantes e a alteração nas células e em suas funções.

Fumar

As substâncias presentes na fumaça do cigarro causam mudanças físicas, como escurecimento dos dentes, linhas de expressão ao redor da boca e olheiras profundas, comprometem a função dos genes e alteram a composição das células, o que impacta negativamente no sistema imunológico, provoca a morte celular e a produção de radicais livres.

Fumar também reduz o fluxo sanguíneo da pele, o que dificulta a oxigenação dos tecidos e acarreta na formação de rugas e linhas de expressão.

mulher com as mãos no rosto olhando para frente

 

O que fazer?

A melhor solução é evitar o envelhecimento precoce, ou seja, não aderir a esses hábitos nada saudáveis. Além disso, você precisa investir nos cuidados com a pele desde cedo.

Aos 20 anos, você precisa tomar cuidado com a limpeza e a oleosidade da pele. Entre 25 e 30 anos, a produção de colágeno começa a diminuir, portanto, é preciso apostar em tratamentos com produtos com ação antioxidante à base de vitamina C. Confira 7 produtos para usar antes dos 27 anos!

Já aos 40 anos, é preciso fazer a renovação celular com derivados de ácido retinoico e também uniformizar a cor da pele com produtos à base de ácido kójico, arbutin ou hidroquinona. A partir dos 50 anos, o principal cuidado é com a hidratação da pele.

Em todas as faixas etárias, o uso do filtro solar é obrigatório para bloquear os danos causados pelos raios nocivos.

Para desacelerar o processo ou até mesmo rejuvenescer a pele, consulte um dermatologista para saber os melhores tratamentos para o seu caso.

Atualmente, a aplicação de toxina botulínica – o botox –, produtos à base de ouro e caviar e sessões de laser amenizam os principais incômodos do envelhecimento precoce, como as rugas, a flacidez e as manchas na pele.

Agora que você já sabe o que é necessário para parecer sempre jovem, cuide bem da sua pele e aproveite para conhecer os produtos da Lumière D'or