Junho 04, 2018 |

Creme para a área dos olhos: 05 mitos sobre os cuidados dessa região


Creme para a área dos olhos: 05 mitos sobre os cuidados dessa região

Conheça alguns erros que as pessoas cometem na hora de hidratar a pele em volta dos olhos

Começa com um risco discreto no canto das pálpebras e depois aparece uma mancha discreta na pele em volta das pálpebras. Pronto, esses são os primeiros sinais de envelhecimento do corpo humano e mostram a necessidade de utilizarmos um creme para a área dos olhos.  

Envelhecer é um processo natural, evidentemente, mas a questão é que está começando cedo demais por conta de alguns hábitos perigosos, como a má alimentação e a falta de proteção com o filtro solar e os óculos escuros.

É difícil manter a pele lisa e saudável ao redor dos olhos. Ela é fina, frágil e faz diversas contrações ao longo do dia por conta das piscadas e das “caretas” do rosto. Por conta disso, os sinais são bem mais evidentes do que em outras áreas

Isso faz com que produtos anti-idade e cremes específicos para esta região do corpo sejam utilizados não só para diminuir essas marcas, mas também para cuidar da hidratação necessária nessa área.

Mas qual o melhor creme e o método de aplicação? Ele resolve o problema? Diante de tantos questionamentos, as pessoas não conseguem aproveitar todos os benefícios que esses itens têm. Confira os cinco mitos que ainda cercam o tema:

Os cuidados devem começar na terceira idade

É um erro muito comum cometido pela maioria das pessoas. Muitos se preocupam com essa região do corpo após os 40 ou 50 anos, mas o correto é começar a se proteger bem antes e passar creme para a área dos olhos a partir dos 25 anos.

É justamente nesta faixa etária que o protetor solar deixa de ser suficiente para evitar o desgaste da pele e os primeiros sinais de envelhecimento aparecem. Sem os devidos cuidados, o indivíduo vai aparentar mais idade do que realmente tem.

Entretanto, há diferentes produtos para cada idade e necessidade do organismo. Os mais jovens devem privilegiar hidratantes com vitaminas A, E e C, que combatem os radicais livres. Já os mais maduros devem utilizar o ácido hialurônico e glicólico.

mulher passando creme para área dos olhos

Creme para a área dos olhos substitui o filtro solar

Na verdade ele complementa a utilização do protetor solar. Para uma ação mais eficaz, o ideal é combinar a utilização dos dois produtos ao longo do dia, garantindo que a pele em volta dos olhos esteja sempre protegida.

O filtro solar também tem a capacidade de hidratar a região, mas sua principal função é justamente proteger contra os raios ultravioletas do Sol, principal fator para manchas e rugas. Logo, é ideal passá-lo ao longo do dia.

À noite, a recomendação é utilizar os cremes específicos. Sem a exposição da luz solar, podemos utilizar itens à base de ácidos e clareadores, que hidratam a pele e combatem de forma mais eficaz o envelhecimento precoce.

Pode-se utilizar qualquer tipo de creme

Outro erro bastante comum e que prejudica a própria saúde da pessoa a longo prazo. Existem diferentes cremes para cada parte do corpo

A pele dos olhos é bem mais frágil e fina do que dos braços e das pernas, por exemplo. Assim, a substância a ser aplicada precisa ser bem mais leve e com pouca concentração de substâncias químicas para evitar irritação.

Além disso, é preciso respeitar o horário de aplicação indicado pelo produto e, principalmente, a forma de passar o creme na pele. Movimentos circulares devem ser evitados porque força a região e aumenta a chance de problemas no futuro.

Olheira pode ser curada apenas com cremes

Alguns cosméticos tem efeitos positivos no combate às olheiras, que é a principal marca de envelhecimento na região dos olhos. Contudo, eles não chegam a curar esse problema; apenas amenizam.

Basicamente, as olheiras podem ser causadas por vascularização superficial, quando os vasos sanguíneos ficam próximos da pele e deixam uma cor avermelhada, ou por hipercromia decorrente da produção excessiva da melanina.

Os cremes conseguem reduzir o impacto da olheira causada pelo segundo motivo, mas não possui efeito sobre a vascularização. Portanto, para diminuir as marcas o ideal é consultar um médico e ver qual é o tratamento adequado.

Utilizar cremes anti-idade de outras faixas etárias potencializa os resultados

Para conseguir resultados mais rápidos e expressivos, as pessoas preferem utilizar produtos recomendados para faixas etárias mais velhas. Porém, essa prática é ineficaz e ainda apresenta grandes riscos para a pele.

Cada creme possui substâncias e compostos químicos indicados para as necessidades e objetivos de cada idade. Os produtos indicados para pessoas com mais de 50 anos são mais fortes do que os utilizados por quem tem 25, por exemplo.

Portanto, o uso inadequado e sem acompanhamento pode acarretar acnes, alergias e irritações na pele – agravando ainda mais o problema ao invés de solucioná-lo. O ideal é sempre seguir a recomendação estipulada na embalagem.

Não deixe de ver também: Hábitos e alimentos mais comuns que causam rugas.

creme para área dos olhos

Não deixe as marcas da idade chegarem antes do tempo!

Sim, as pessoas envelhecem, mas nem por isso você deve aceitar o envelhecimento precoce de sua pele. Pés-de-galinha, rugas, linhas de expressão, bolsas embaixo dos olhos e olheiras antes da hora apenas reforçam que você não leva uma vida saudável.

A adoção de novos hábitos não se trata apenas de se exercitar e fazer uma boa dieta. É preciso cuidar de cada parte do seu corpo e utilizar produtos que auxiliam nisso, como o creme para a área dos olhos. Esbanje saúde da cabeça aos pés.

Aproveite para conhecer os melhores cremes antissinais e os cremes rejuvenescedores da Lumière D'or.